quarta-feira, 6 de maio de 2009

DILEMAS DE UMA MÃE-MULHER

Ultimamente tenho encontrado em alguns blogs que visito, um tema bastante comum e abordado- VOLTAR Á FORMA DEPOIS DA GRAVIDEZ e como também passei por todos esses caminhos, resolvi através da minha história transmitir força e coragem.
Com 1.62m de altura o meu peso sempre se manteve nos 50 Kg, tendo engordado em ambas as gravidezes 15 Kg, no entanto 6 meses depois do nascimento do Rafael já estava abaixo do meu peso normal. Tudo foi mais fácil e confesso que adorei o corpo que o meu filho me deu, pois fiquei com mais formas. Com o Tomás as coisas já foram bastante diferentes e a luta foi árdua, com a desculpa de ter tido um filho deixei de ter cuidado com a alimentação e a comer de tudo o que me aparecia na frente, depois foram o baptizado, o aniversário do Rafael, o meu aniversário, o Natal, o Ano-Novo e ainda mais uns aniversários e a balança subiu para os 63 Kg, quase tanto como os que tinha no final das gravidezes e já não estava mais grávida. Foi muito dificíl olhar as fotos e não me reconhecer, não queria acreditar que aquela era eu, eu que sempre tive bastante cuidado com a alimentação, eu que sempre vesti o 34 agora vestia o 40, e embora as pessoas só me achasse cheinha eu sabia que aquela não era eu e é óbvio que como casal as coisas também não funcionavam, pois eu tinha vergonha do meu corpo, não aceitava o que o espelho reflectia, deixei de me cuidar, de me ver ao espelho, e nem queria sair de casa, com vergonha de encarar as pessoas.
A reviravolta deu-se quando comecei a trabalhar,a inserir-me num meio em que a imagem tem muita importância e a relacionar-me com pessoas com uma imagem impecável, lembro-me de durante a apresentação da nova colecção num showroom de decoração, ver uma rapariga com uns calções e umas botas até ao joelho- e pensar que um dia eu fui assim, confesso que alí senti uma inveja imensa e uma raiva por ter perdido aquilo que eu também já tive, foi aí que decidi pensar mais em mim, cuidar mais de mim, acreditar em mim e conquistar de novo o MEU EU, a batalha não foi fácil, mas nunca desiti, nunca vacilei, quando abusava mais num dia cortava no outro. Passei a me cuidar de novo, antes morena agora virei loira, hoje faço limpeza de pele, depilação, mesoterapia, radiofrequência, pilates, dança, drenagem, manicure, pedicure, TUDO a que uma mulher tem direito. ADORO o meu corpo, amei comprar um bikini este Verão, mas aprendi que nada se consegue sem luta, sem força, aprendi que nada vem de graça. Sinto-me muito melhor do que aos 20 anos porque hoje me cuido mais. Depois dos 30 anos, amadurecemos e percebemos que a beleza não é algo que Deus nos deu e fica para sempre. Temos de cultivar, regar e tratar como se fosse um jardim. Já sou mãe de 2ª viagem mas sinto que conquistei o mundo e é claro o maridão agradece ;-).
Por isso meninas não adianta lamentar sem agir, nada cai do céu e vão ver que no fim tudo valeu a pena. Beijokas a todas e boa semana.

7 comentários:

Mitá disse...

Olá "colega" pois comigo foi quaze a mesma coisa depois de segunda gravidez fiquei com um corpo que nunca tinha tido 56kg para 1.64cm mudei TUDO em mim a maneira de estar, de pensar ,tambem virei loira,e adooooro ver-me assim há quem não goste muito da mudança mas....azar...bom fim de semana

Tânia, Diogo e Martim disse...

Pois é, eu ainda estou na fase mais desanimada, mas estou a começar agora a tentar dar a volta por cima... mas é bom ver que não sou a única e que há vida após a maternidade, lol

beijos

Paula C. disse...

Bom fim-de-semana

Beijinhos

Tânia disse...

Boa amiga, vou seguir o teu conselho ... ou pelo menos tentar.
O marido diz que estou bem, mas eu sinto que não.
deste-me força para mudar e agora vou tentar ir em frente.

Beijo grande e bom fim de semana

A Familia F Albuquerque

blogando-me1 disse...

Passei para deixar um beijinho e desejar um bom fim de semana.

Bjs fofos

VeraB disse...

Já nem te deves lembrar de mim, nunca mais dei notícias, mas cá estou.Não tenho problemas de peso (apenas umas banhinhas na barriga e tal) mas acho que as tuas palavras servirão para muita gente reflectir.
Os teus meninos devem estar enormes.
Beijos grandes

Tânia disse...

Amiga,
passei para vos deixar um enorme beijo e desejar uns bons feriados e bom fim de semana

A Familia F Albuquerque